Polícia e Forças Armadas comandavam prostituição no DF na ditadura